Ser feliz: independentemente da idade.

12/05/2011 § 1 comentário

Embora ela já tivesse trinta anos, ainda havia momentos como aquele em que ela queria correr, ao invés de caminhar, executar passos de dança subindo e descendo da calçada, rolar um aro, atirar alguma coisa para cima e apanhá-la novamente, ou ficar quieta e rir de nada: rir, simplesmente.

 O que pode alguém fazer quando tem trinta anos e, virando a esquina de repente, é tomado por um sentimento de absoluta felicidade — felicidade absoluta! — como se tivesse engolido um brilhante pedaço daquele sol da tardinha e ele estivesse queimando o peito, irradiando um pequeno chuveiro de chispas para dentro de cada partícula do corpo, para cada ponta de dedo?

 Não há meio de expressar isso sem parecer “bêbado e desvairado?”

Ah! como a civilização é idiota! Para que termos um corpo, se somos obrigados a mantê-lo encerrado em uma caixa, como se fosse um violino raro, muito raro e caro?


Anúncios

§ Uma Resposta para Ser feliz: independentemente da idade.

  • Janara Rodrigues disse:

    As vezes nos boicotamos, deixando de fazer o que nos traz felicidade e prazer, simplesmente porque estamos preocupados de mais com o que o outro irá pensar! A vezes me sinto com 18, 20, 30, rsrs as vezes me sinto ocm 50, mas ai volto ao normal e me vejo vivendo minha vida da forma que acredito! Sendo feliz!

Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Ser feliz: independentemente da idade. no ...O Vôo da Libélula....

Meta

%d blogueiros gostam disto: