Pedaços colados

12/04/2011 § 2 Comentários

Estou aqui no meio de tudo, das tempestades diárias, cotidianas. Mas também no meio do nada. É quando bate o vazio e você já está cansado. Quando não há mais créditos, quando não há mais palavras. Eu queria que acreditasse, mas nem eu mesma acredito. Eu queria parar de tentar, mas não consigo. Eu deveria ficar quietinha, mas a alma é inquieta. Eu quero tranquilidade, mas como se vivo no meio da tempestade criada por mim?

Eu vivo de pedaços colados e isso já me cansou demais.

São tantos “quereres” que já não posso mais. Não escrevo no meio do barulho, mas no silêncio. Eu queria mais…

(…queria você aqui…)

Anúncios

§ 2 Respostas para Pedaços colados

Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Pedaços colados no ...O Vôo da Libélula....

Meta

%d blogueiros gostam disto: