23/11/2009 § Deixe um comentário

O amor esquece de começar.

Você estava dentro dele, e eu acabo de chegar.

Só agora cheguei ao amor, e, eu cheguei a você.

Depois que as juras venceram, que os presentes foram dados,

que os corpos foram expostos.

Eu estou sempre atrasada.

Eu estou sempre depois de você.

Tenho sempre as certezas erradas.

Você já foi, e eu ainda estou a te esperar naquele aeroporto…

 

Anúncios

Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento no ...O Vôo da Libélula....

Meta

%d blogueiros gostam disto: