O que é o AMOR???

22/02/2007 § Deixe um comentário

Pensei por muitos dias para tentar decifrar o que significa esse sentimento que nos entorpece…Busquei várias inspirações para escrever este texto, mas nada me fez saber exatamente o que é o AMOR, por fim, resolvi escrever o que vinha na alma…

Estamos todos, sempre tentando definir o amor. Mas o que é mesmo o amor?

Há quem diga que o amor é a coisa mais sublime que há na terra, enquanto outros asseguram que é um enorme sofrimento. Não admira, pois, que o homem médio não se sinta capacitado a defini-lo e a transmitir suas noções a respeito.

A concepção do amor varia segundo os costumes de cada povo. Quase toda a definição do amor e as formas de exercê-los são atribuídas aos gregos quando lhe deram dois nomes: “Eros” (o amor carnal) e “Agape” (o amor espiritual). Trata-se, pois, de uma experiência tão pessoal e intransferível como a morte.

A palavra amor (do latim amor) presta-se a múltiplos significados na língua portuguesa. Pode significar afeição, compaixão, misericórdia, ou ainda, inclinação, atração, apetite, paixão, querer bem, satisfação, conquista, desejo, libido, etc. O conceito mais popular de amor envolve, de modo geral, a formação de um vínculo emocional com alguém, ou com algum objeto que seja capaz de receber este comportamento amoroso e alimentar as estimulações sensoriais e psicológicas necessárias para a sua manutenção e motivação.

Fala-se do amor das mais diversas formas: amor físico, amor platônico, amor materno, amor a Deus, amor à vida. É o tipo de amor que tem relação com o caráter da própria pessoa e a motiva a amar (no sentido de querer bem e agir em prol).

O grego possui outras palavras para amor, cada qual denotando um sentido específico. No latim encontramos amor, dilectio, charitas, bem como Eros quando se refere ao amor personificado numa deidade.

Amor platônico é uma expressão usada para designar um amor ideal, alheio a interesses ou gozos. Um sentido popular pode ser o de um amor impossível de se realizar, um amor perfeito, ideal, puro, casto. A relação com a filosofia de Platão está no fato de vincular o atributo “platônico” ao sentido de algo existente apenas no plano das idéias.

Diferentemente do conceito de amor platônico, quando se fala do amor em Platão estamos nos referindo ao pensamento deste filósofo sobre o amor. A noção de amor é central no pensamento platônico. Em seus diálogos, Sócrates dizia que o amor era a única coisa que ele podia entender, e falar com conhecimento de causa. Plantão compara-o a uma caçada (comparação aplicada também ao ato de conhecer) e distinguia três tipos de amor: o amor terreno, do corpo; o amor da alma, celestial (que leva ao conhecimento e o produz); e outro que é a mistura dos dois. Em todo caso o amor, em Platão, é o desejo por algo que não se possui.

A temática do amor é comum a quase todos os filósofos gregos, entendido como um princípio que governa a união dos elementos naturais e como princípio de relação entre os seres humanos. Depois de Platão, entretanto, só os platônicos e os neoplatônicos consideraram o amor um conceito fundamental. Em Plutarco o amor é a aspiração daquilo que carece de forma (ou só a tem minimamente) às formas puras e, em última instância, à Forma Pura do Bem. Em “As Enéadas”, Plotino trata do amor da alma à inteligência; e na sua Epistola ad Marcelam, Porfírio menciona os quatro princípios de Deus: a fé, a verdade, o amor, e a esperança. No pensamento neoplatônico, o conceito de amor tem um significado fundamentalmente metafísico ou metafísico-religioso.

O amor do tipo Eros é aquele amor romântico que uma pessoa sente por outra. É o amor que se liga de forma mais clara à atração física, e freqüentemente compele as pessoas a manterem um relacionamento amoroso continuado. Nesse sentido também é sinônimo de relação sexual.

Pragma (do grego, “prática”, “negócio”) seria uma forma de amor que prioriza o lado prático das coisas. O indivíduo avalia todas as possíveis implicações antes de embarcar num romance. Se o namoro aparente tiver futuro, ele investe. Se não, desiste. Cultiva uma lista de pré-requisitos para o parceiro ou a parceira ideal e pondera muito antes de se comprometer. Procura um bom pai ou uma boa mãe para os filhos e leva em conta o conforto material. Está sempre cheio de perguntas. O que será que a minha família vai achar? Se eu me casar, como estarei daqui a cinco anos? Como minha vida vai mudar se eu me casar?

Amor interessado em fazer bem a si mesmo, Amor que espera algo em troca.

Amor Ágape, que em grego, significa altruísmo, generosidade. A dedicação ao outro vem sempre antes do próprio interesse. Quem pratica esse estilo de amor entrega-se totalmente à relação e não se importa em abrir mão de certas vontades para a satisfação do ser amado. Investe constantemente no relacionamento, mesmo sem ser correspondido. Sente-se bem quando o outro demonstra alegria. No limite, é capaz até mesmo de renunciar ao parceiro se acreditar que ele pode ser mais feliz com outra pessoa. É visto por muitos, como uma forma incondicional de amar.

A interpretação cristã neopentecostal sobre a origem de Jesus, engloba este tipo de amor para descrever o ato de Deus, que, ao ver a humanidade perdida, entrega seu filho unigênito, para ser morto em favor do homem, sem esperar nada em troca.

Storge – É o nome da divindade grega da amizade. Por isso, quem tende a ter esse estilo de amor valoriza a confiança mútua, o entrosamento e os projetos compartilhados. O romance começa de maneira tão gradual que os parceiros nem sabem dizer quando exatamente. A atração física não é o principal. Os namorados-amigos não tendem a ter relacionamentos calorosos, mas sim tranqüilos e afetuosos. Preferem cativar a seduzir. E, em geral, mantêm ligações bastante duradouras e estáveis. O que conta é a confiança mútua e os valores compartilhados. Os amantes do tipo Storge revelam satisfação com a vida afetiva.

Para mim, é no amor que reside o sentimento de gratidão, instintivo, compaixão, é doar-se sem a consciente intenção de esperar algum retorno. É o caso do amor oriundo da troca diária de afeto, tolerância, respeito e zelo.

Indaguei a meus amigos sobre o assunto e recebi muitas respostas… logo abaixo descritas:

Érika: o amor p mim é: cumplicidade, companheirismo, fidelidade, bem estar quando se estar com a pessoa, se sentir completa

Bruno: O amor é uma dor…hehehehehehe…. Falando sério poucos até hoje sabem o que é o amor de verdade, principalmente entre homem e mulher. Pq o amor não trai, não tem inveja, não mata, não é esquecido jamais! E o que muitos vivem hj em dia é a paixão pq o amor paRa ele existir é preciso d 2 ou mais corações para aquece-lo. Amor é Deus, Pais, irmãos, amigos! Mas poucos conseguem tratar de tal maneira o amor, q anda falando eu t amo para todos…isto é uma blasfêmia…mas a paixão tb tem o seu valor e é muito gostosa…repito, amor não mata, faz viver, o amor não está em todos mas foi feito para que todos o descubra.

Valquiria Neves: Acho que o amor é um sentimento que brota na alma, que traz alegria e paz ao coração, que inspira confiança, companheirismo, respeito, e dá uma vontade louca de ficar junto pro resto da vida. É um fogo que arde sem se ver.. Há muito mais a dizer a respeito… pq é imensidão e infinito… mas o melhor mesmo é sentir e viver uma grande história… e não é verdade que se ama uma vez na vida… vc ama várias vezes…. de formas diferentes…. e basta deixar o coração aberto… e encontrar alguém que desperte o sentimento… Pra mim há dois poemas que definem bem o que é o amor! E há dois poetas, Camões (Amor é fogo que arde sem se ver) e Vinícius de Moraes (Soneto da Felicidade), que sentiram profundamente o que é o amor… e fizeram duas obras primas…. que vc conhece….afinal vc deve ter estudado literatura na escola…

André Teles Guedes: Posso resumir: carinho, intimidade, boas lembranças, vontade de estar junto, desejo de fazer “aquelas coisas”…ilusão de que vai durar para sempre, medo da perda, vontade de dormir juntos, e de ter filhos juntos, e de ter netos também, dor e vazio quando não mais correspondido.

Filipe: 1.Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem, ou de alguma coisa: amor ao próximo; amor ao patrimônio artístico de sua terra.

2.Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro ser ou a uma coisa; devoção extrema: “Amor é um fogo que arde sem se ver” (Luís de Camões, Rimas, p. 135); “Vereis amor da pátria não movido / De prêmio vil, mas alto e quase eterno” (Id., Os Lusíadas, I)

Ricardo Borges: O AMOR é algo que se sente. E um sentimento que não se explica simplesmente se sente. Não escolhe idades nem sexo, é algo de intenso. Podemos escolher de quem gostamos, mas nunca de quem AMAMOS. Por vezes tentamos-nos desculpar e enganar a nós próprios, dizendo que aquela pessoa já não nos diz nada, mas sabemos que não é verdade. quando se sente o verdadeiro AMOR é muito difícil esquecer independentemente do que essa pessoa nos faça ou diga. Mas no AMOR nem tudo é bom, pois ficamos de tal maneira fixados na pessoa que AMAMOS e esquecemos que temos amigos, colegas, família….Simplesmente vivemos em função do AMOR e perdemos todo o que ao longa da viva construímos. Para mim o verdadeiro AMOR é quando existe confiança, carinho, afecto, compreensão, ajuda, amizade, companheirismo, Entre outro, mas sobretudo quando nos aceitam como nós somos e não como gostariam que nós forcemos. Quando há AMOR tudo isto é possível, e só assim é que podemos ter uma vida normal sem stress dos ciúmes nem da desconfiança. É melhor ficar por aqui porque se não tenho de escrever um livro, e como não tenho muito jeito para me exprimir pela escrita seria muito difícil de expor todo o que para mim é O AMOR, espero que tenha conseguido transmitir o mais importante do AMOR.

Aline Feistler: amiga ! o amor pra mim é alegria, serenidade, paz

Andréia: Não tenho muito o que falar ,mas o amor pra mim não é só o carnal é muito mais que isso .O amor é como uma onda da paixão que nos leva sem nenhuma má intenção!!!O amor pra mim é tudo,é muita amizade,muita compreensão seja o amor a dois ou pela sua família ou pelos seus amigos!! O amor faz parte da nossa sobrevivência!!!Por isso ame muito!!!!!!!!

 

E para você, o que é o amor?

Núbia Borges

 

 

Anúncios

Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento O que é o AMOR??? no ...O Vôo da Libélula....

Meta

%d blogueiros gostam disto: