A dor da Saudade

07/10/2005 § 2 Comentários

 

Sento aqui na frente do PC, com uma dor no peito e uma saudade latejante.As palavras me fogem nesta hora; mas a vontade de expressar o que sinto é bem maior que a falta delas. E aos poucos vou deixando tudo sair, mesmo que desconexamente… como quem chora lágrima por lágrima…uma a uma, lentamente. Sentimentos não nascem por acaso, e nem muito menos por acaso eles morrem. Acredito na minha inocente ideologia, que eles vivem pra sempre… que se modificam… podendo ou não se intensificar durante essas metamorfoses. Trago comigo agora uma saudade mortal… e uma fome de vida enorme. É o escuro lutando com a luz; não que a saudades seja escura… mas que para trilhar alguns caminhos, às vezes temos que abandonar outros.

Me sinto pequena diante da vida.

Tanta coisa mudou aqui em minha alma e consequentemente dentro do meu coração. E ando me comportando tal criança, que acabara de sair do castigo e esqueceu que os joelhos ainda estão com marcas da última queda. Os dias passam rápido como um sonho bom. E a cada hora descubro um lado meu, novo, que jamais pensei que tivesse… que possuísse.Sinto a falta das palavras tão sábias de muita gente, que, sem saber, me ajudou a chegar até aqui. Mas sinto em dizer… as pessoas ainda conseguem me deixar perplexa, com seus comportamentos idiotas, mesquiinhos e infantis… Quanta futilidade existe no mundo meu Deus! Quanta mesquinhês…. Quanta falta de vida as cercam. Quanta falta de amor…

É nessa hora que a criança fica do lado, e a mulher fala mais alto. Mesmo sabendo que infelizmente as coisas tendem a piorar… muitas vezes ensinam a ver os limites e as demarcações podem soar como arrogância ou até mesmo falta de classe. Mas que classe? Classe essa que invade o espaço dos outros, com comentários jamais perdoavéis? Sei, sei…é verdade… ainda sigo meus instintos nessas horas. Mesmo perplexa intimamente. Ainda há vida; ela segue; ela urge; com ou sem amigos verdadeiros. Com ou sem amor de verdade. Olho pro dia e ele está lindo, quase perfeito. Queria poder compartilhar essa imagem com todos aqueles que agora, neste exato momento caminham nos meus pensamentos. Nos meus melhores pensamentos.

A cada momento que vivo, lembranças vêm e vão na minha mente, tal como lembretes; e eu sei, que aqueles que amo, se sentiriam orgulhosos com os novos sentimentos. Como se nos meus ouvidos soassem aquela frase: – eu te falei que um dia vc iria acreditar, iria ultrapassar velhos e dolorosos sentimentos… – e é exatamente isso que está acontecendo.

Voltar nos mesmo lugares…ver as mesmas pessoas… Mas olhando tudo, mas tudo mesmo, de uma maneira totalmente diferente. É… acho que é isso. Agora, novamente, votando pra aula.

 Toca o sino e a hora do recreio acabou.

 Tento nessas últimas frases, deixar marcas de que volto pra aula, com todos bem aqui dentro do meu coração e do cérebro (que ultimamente não sabem o que se passa verdadeiramente no meu íntimo,na alma). Uma saudade dolorosa, porém boa, porque tenho a certeza que a “volta” acontecerá em breve…

Sabe como?

Em cada vez que a vida me pede para que eu coloque em prática tudo aquilo que por tantas pessoas a mim foi ensinado e aprendido.

Saiba… tenho tentado me sair cada vez melhor, ser um ser humano melhor…

Anúncios

§ 2 Respostas para A dor da Saudade

  • Ricardo disse:

    Núbia linda, partilhada pelo Egipto e pelo Sudão, no vale do Nilo, rio que caminha contra a ordem natural, vai de sul para norte. Mas núbia é mais do que isso, Núbia é o teu nome, nome que contrasta com o teu ser, Núbia branca, Núbia negra; Núbia moderna, Núbia antiga; Núbia forte, Núbia entregue; Núbia livre, Núbia sem asas;Conhecer teu nome é conhecer-te melhor, Núbia diz quem tu não és, Núbia diz-me quem és. Mulher forte e determinada, mas com as investidas revolta-se e enfraquece, permanecendo sempre linda como se nada se passasse. Invejada, amada, deserto a cerca, vida a persegue, tal como a região dos núbios. Núbia sobrevivente e dividida, Núbia nostálgica e indecifrável, conhecer é desconhecer-te, compreender-te é incompreender-te.Sei que não te conheço desde os três milénios antes de Cristo, mas leio-te a alma, e ela me revela quem és, revela-me todo o teu ser, mesmo antes da tua própria existência.Mas núbia não me permite, Núbia é coberta de misticismo, vai sendo descoberta em cada olhar em cada gesto, por gente mais atenta. Núbia é o cerne, o coração de uma civilização guerreira e inovadora. Núbia comanda com sua sabedoria racional, mas falta-lhe comandar com os cinco ou mesmo os seis sentidos, aí! Núbia perfeita… serás luz que fascinará quem te rodeia.Eu… eu não fui civilização, de rico e árduo deriva o meu nome, e quem o houve diz “Coração de Leão” por desconhecimento talvez. O rei com esse cognome foi rei em Inglaterra sem nunca saber falar inglês, comandou a Terceira Cruzada, dizimou e oprimiu povos. Devido a seu temperamento, não usava armadura no dia da sua morte, morreu com um ferimento no abdómen provocado por uma seta.Faço para ser contraste com este rei, tal como o preto e o branco, serão opostos que se completam. O coração não é de leão mas é forte, e aliado com a razão, guiará o meu destino. A minha cruzada não é a Terceira mas tem um objectivo, no qual estarás sempre ligada.Talvez escrevo estas palavras que para muita gente soem a vácuo, mas quem entender vai saber onde quero chegar, a história para alem de me ter ajudado a escrever este texto, ajuda a entender melhor e a recordar erros para que não voltem a ser repetidos.“É dentro de nós que nos podemos conhecer a nós mesmos e conhecer verdadeiramente o que são as coisas, as pessoas e os acontecimentos.”Acho que é explícito, quem escreveu, não vou assinar.Fica entregue o que me tinhas pedido.

Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento A dor da Saudade no ...O Vôo da Libélula....

Meta

%d blogueiros gostam disto: